Guia de Cuidados Para as Sandálias

Só as apaixonadas por sapatos entendem como é a sensação de levar para casa aquela tão sonhada sandália. E para que ela continue sempre linda, é essencial tomar alguns cuidados que são capazes de prolongar a vida útil e também preservar a aparência das sandálias. Quer saber como? Então, vamos às dicas!

Dicas de limpeza

Limpar as sandálias é a garantia de evitar o acúmulo de bactérias e outros micro-organismos causadores do mau cheiro e mofo. Para a limpeza básica, utilize somente uma escova macia ou pano úmido. Já para uma limpeza mais pesada, lave apenas com sabão neutro, utilizando uma esponja ou escova com cerdas macias. É importante verificar sempre o material da sua sandália antes de limpá-la.

Para as solas e saltos, retire o excesso de sujeira com uma escova pequena e, para finalizar, passe um pano seco – fugindo de produtos agressivos, como detergentes ou alvejantes. Feito isso, deixe secar na sombra.

Guia de Cuidados Para as Sandálias

Cuidados especiais

Alguns materiais específicos exigem cuidados especiais. Entre eles, destacam-se a camurça e o couro. No primeiro caso, estamos falando de um dos materiais que mais absorvem sujeira, sendo preciso aprender como limpar camurça, sem danificar a sandália.

Aqui, é possível esfregar as regiões mais sujas com uma esponja ou escova macia, utilizando somente água em pequena quantidade. Ou, ainda, usar uma borracha branca, do tipo escolar, para remover manchas secas.

Se a dúvida é como limpar couro, é preciso observar o tipo exato do material. Para o couro artificial, a limpeza consiste em passar um pano úmido e deixá-lo secar longe do sol, durante 24 horas. Já para calçados de couro natural, utilize somente uma flanela seca e, se desejar, engraxe-o para evitar ressecamentos.

Saltos de corda ou cortiça também merecem cuidados especiais. Para tirar a sujeira do dia a dia, um pano úmido já resolve. Caso a sujeira persista, recorra ao truque da borracha escolar para retirar sujeirinhas mais “chatas” e marcas de “raspagem” – encontrados nesse material. Veja mais dicas para limpeza do salto de corda nesse post!

Evitando odores

Mesmo se tratando de modelos abertos, a recomendação é sempre deixar o calçado “respirar”. Após o uso, deixe a sandália em um local arejado durante, pelo menos, um dia. A intenção é deixá-la ventilar e secar, já que calçados úmidos favorecem o surgimento do mau odor.

Outra dica para amenizar o cheiro é colocar algumas pedras de areia sanitária (comumente utilizadas em caixas de areia para gatos) dentro de uma meia e depositá-las dentro da sandália – trocando as pedrinhas a cada 10 dias.

Guardando sandálias de modo correto

O cuidado só fica completo se, até na hora de guardar, sua sandália receber a devida atenção. Para começar, não as armazene nas caixas originais, mas sim em saquinhos – que favorecem a ventilação. Além disso, não empilhe uma sandália em cima da outra, pois o ideal é enfileirar as opções para que saltos, fivelas e aplicações não sejam danificadas.

Com essas dicas, preservar a beleza de suas sandálias tem tudo para se tornar muito mais fácil. Lembre-se de limpá-las sempre após o uso!

E você, conhece alguma recomendação extra? Compartilhe com a gente!

Comentário(s)

4 comentários sobre “Guia de Cuidados Para as Sandálias

    1. Olá, tudo bem? Como este modelo é de uma coleção anterior, não sabemos informar onde ele ainda possa estar sendo revendido, visto que não está mais sendo fabricado. Você já deu uma olhadinha na coleção nova? Há diversos modelos lindos! Acesse: http://www.bottero.net/colecoes
      Ficamos à disposição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *